a memória e o tempo

quando foi mesmo isso?

no começo meu cabelo era cacheado, depois ficou liso e tornou a ficar cheio de voltas.

em que momento resolvi escrever isso?

foi antes ou depois do copo com vodka? olho minhas fotos e julgo ser capaz de dizer aquilo em que pensava. Eu detesto ser picado por mosquitos. escrevo isso com um tubo de repelente em cima da mesa.

mas onde foi que essa necessidade começou?

a memória não é o tempo. a memória é uma linha dentro de nós, o tempo é a quarta dimensão impregnada em tudo que existe. vocês já assitiram “Onde vivem os Monstros”? trata daquelas coisas ancestrais/selvagens/instintivas encontradas dentro de nós. e por vezes aquilo de dentro parece tão externo. difícil separar.

todo mundo dança estranho escutando músicas sozinho? não sei. demorei pra entender que as pessoas não pensam como eu.

se não pensam como eu estou isolado? alguém aí me escuta? não basta. alguém me compreende? ALO! CÂMBIO! 0010110101! -..—.! Como falo com o musgo e os trovões? Estarão a me chamar?

Já sei. Tive uma idéia. Vou contar uma hitória…

Uma resposta to “a memória e o tempo”

  1. lau Says:

    vc parece ainda mais nerd sem os óculos de aro grosso (:

    … .- ..- -.. .- -.. .. -. …. .-


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: